Escola Superior de Educação Politécnico de Coimbra
ESEC Politécnico de Coimbra
A ESEC
Estudar
Investigar / Transferir
Menu secundário

Ensino de Educação Musical no Ensino Básico

O Mestrado em Ensino de Educação Musical no Ensino Básico é uma formação de 2.º ciclo, organizada de acordo com as regras definidas por Bolonha.

Pretende ser uma formação que dá habilitação profissional para a docência da Educação Musical no Ensino Básico a indivíduos possuidores de um 1.º ciclo (Licenciatura) na área da Música, com um mínimo de 120 ECTS nas áreas de Formação Musical, Prática Vocal e Instrumental e Ciências Musicais, de acordo com o novo Regime Jurídico para a docência.

A sua organização curricular tem 120 ECTS, estando previsto ter uma duração de dois anos.

Acreditação pela Agência de Avaliação e Acreditação do Ensino Superior

N.º do Processo: ACEF/1213/10077

Decisão: Acreditado

Nº de anos de acreditação: 6

Data da Publicação: 10-09-2014

Coordenação do Mestrado

Maria do Amparo Carvas Monteiro

Diploma

Objetivos

Conceder habilitação profissional para a docência da Educação Musical no Ensino Básico a indivíduos possuidores de um 1.º ciclo (Licenciatura) na área da Música, com um mínimo de 120 ECTS nas áreas de Formação Musical, Prática Vocal e Instrumental e Ciências Musicais.

Candidatura

4.ª Fase de candidaturas a decorrer de 8 a 30 de setembro de 2018, em: https://secretaria-virtual.esec.pt/cssnet/

Regimes de Candidatura:

Candidatura a Mestrados;
Reingresso nos Cursos de Mestrado (Para alunos que já frequentaram o Mestrado em Ensino da Educação Musical no Ensino Básico);
Candidatura a Mestrados para Licenciados pelo Instituto Politécnico de Coimbra em 2017/2018

 

No processo de candidatura devem ser anexados:

a) Documentos comprovativos das habilitações de que o candidato é titular, com informação das classificações finais (no caso de documento estrangeiro, o candidato deverá apresentar, também, a respetiva tradução);
b) Curriculum vitae;
c) Documentos comprovativos das informações fornecidas no formulário de candidatura ou outros documentos comprovativos dos dados mencionados no curriculum vitae (outros elementos);
d) Digitalização do IBAN (para que possam ser devolvidos os montantes pagos caso o curso não venha a funcionar);

Para informações relativas a elegibilidade, taxas e propinas, calendários de candidatura e funcionamento do curso por favor consultar o documento “Edital” disponível nesta página.

Data da prova de Português: 3 de outubro de 2018

Prova escrita –

Prova oral –

1.ª Fase

2.ª Fase

3.ª Fase

4.ª Fase

Destinatários

Podem candidatar-se ao mestrado:

a)    Os titulares do grau de Licenciado em Música, Professores de Educação Musical do Ensino Básico, Ciências Musicais, Estudos Artísticos (vertente Música) ou equivalente legal, ou em áreas afins, que cumpram o estipulado no Decreto-Lei nº 43/2007, de 22 de fevereiro;

b)    Os titulares de um grau académico superior estrangeiro em Música, ou equivalente legal, ou em áreas afins, conferido na sequência de um 1.º ciclo de estudos organizado de acordo com os princípios do Processo de Bolonha por um Estado aderente a este Processo e que cumpram o definido no Decreto-Lei nº 43/2007, de 22 de fevereiro;

c)    Os titulares de um grau académico superior estrangeiro, que seja reconhecido, pelo Conselho Técnico-Científico da ESEC, como satisfazendo os objetivos do grau de Licenciado em Música, Música, Professores de Educação Musical do Ensino Básico, Ciências Musicais, Estudos Artísticos (vertente Música), ou em áreas afins e que cumpram o definido no Decreto-Lei nº 43/2007, de 22 de fevereiro;

d)    Os detentores de um currículo escolar, científico ou profissional, que seja reconhecido, pelo Conselho Técnico-Científico da ESEC, como atestando capacidade para realização deste ciclo de estudos, desde que cumpram o definido no Decreto-Lei nº 43/2007, de 22 de fevereiro.

O reconhecimento a que se referem as alíneas b), c) e d) do n.º 4 tem como efeito apenas o acesso ao ciclo de estudos conducente ao grau de Mestre e não confere ao seu titular a equivalência ao grau de Licenciado ou o reconhecimento desse grau.

Calendário