Escola Superior de Educação Politécnico de Coimbra
ESEC Politécnico de Coimbra
A ESEC
Estudar
Investigar / Transferir
Menu secundário

Gerontologia Social

Precedido por uma licenciatura em Gerontologia Social que habilita para a identificação e aplicação das principais teorias e técnicas no âmbito dos contextos gerontológicos, o presente ciclo de estudos prepara para a decisão e atuação em níveis de responsabilidade mais complexos e elevados. Aprofunda um conjunto de conhecimentos e aptidões diferenciadores, especialmente valiosos num contexto de elevada competitividade e exigência no mercado de trabalho. Nesta medida, o mestrado em Gerontologia Social, incide na aquisição de conhecimentos e competências adequados aos diversos contextos profissionais de intervenção gerontológica e à capacidade de desenvolvimento de novas estratégias profissionais, dentro da orientação profissionalizante da ESEC, mantendo a preocupação de mobilizar os recursos multidisciplinares disponíveis.

O setor de prestação de cuidados à pessoa idosa, suas famílias e comunidades, que tem verificado uma grande expansão nas duas últimas décadas, com tendência para continuar a crescer, enfrenta alguns desafios.

Em resposta ao acentuado envelhecimento da população portuguesa, e após uma fase em que se revelou urgente providenciar e disponibilizar respostas sociais, surge agora o desafio de elevar a qualidade do cuidado prestado pelas respostas sociais criadas, com vista à otimização da qualidade de vida da pessoa idosa, famílias e comunidades. Essa qualidade, nos discursos Europeus e nacionais, passa por desafios como: 1) o da quebra da relação entre o aumento da longevidade e o consequente aumento da morbilidade e dependência; e 2) o da adequação do tipo de respostas existentes e da sua qualidade às necessidades, potencialidades, aspirações e perfis individuais da pessoa idosa.

A inovação das respostas sociais e a criação de soluções ajustadas passa inevitavelmente pela formação de profissionais dotados de elevada performance técnica e de renovadas competências de análise crítica e de intervenção.

 

Outras informações

 

Regulamento do Mestrado

Regulamento da UC Intervenção/Estágio ou Investigação Aplicada

Acreditação pela Agência de Avaliação e Acreditação do Ensino Superior

N.º do Processo: NCE/15/00015

Decisão: Acreditado

Nº de anos de acreditação: 6

Data da Publicação: 10-03-2016

Coordenação do Mestrado

Sofia de Lurdes Rosas da Silva

Diploma

Objetivos

  • Reconhecer a emergência da Gerontologia como uma área científica e de aplicação/intervenção/investigação;
  • Adquirir e integrar conhecimentos elementares e específicos necessários para uma compreensão global ou holística do processo de envelhecimento humano;
  • Identificar e analisar problemas, necessidades e potencialidades da pessoa idosa e rede de apoio familiar;
  • Desenvolver uma atitude e capacidade de reflexão crítica face aos estereótipos em torno da adultez e velhice, e acerca dos desafios impostos pelo envelhecimento das sociedades
  • Conhecer e compreender e intervir nas transformações psicológicas e sociais que ocorrem na velhice
  • Compreender a relevância do Gender Mainstreaming na Gerontologia

Plano Curricular

Candidatura

4.ª Fase de candidaturas a decorrer até 31 de outubro de 2018, em: https://secretaria-virtual.esec.pt/cssnet/

 

Regimes de Candidatura:

  • Candidatura a Mestrados;
  • Candidatura a Mestrados de Continuidade (para mais informações consultar Despacho SP/190/2016);
  • Reingresso nos Cursos de Mestrado (Para alunos que já frequentaram o Mestrado em Gerontologia Social);
  • Candidatura a Mestrados para Licenciados pelo Instituto Politécnico de Coimbra em 2017/2018.

No processo de candidatura devem ser anexados:

a) Documentos comprovativos das habilitações de que o candidato é titular, com informação das classificações finais (no caso de documento estrangeiro, o candidato deverá apresentar, também, a respetiva tradução);
b) Curriculum vitae;
c) Documentos comprovativos das informações fornecidas no curriculum vitae (opcional);
d) Digitalização do IBAN (para que possam ser devolvidos os montantes pagos caso o curso não venha a funcionar).

 

Para informações relativas a elegibilidade, taxas e propinas, calendários de candidatura e funcionamento do curso por favor consultar o documento “Edital” disponível nesta página.

1.ª Fase

2.ª Fase

3.ª Fase

Destinatários

a) Titulares do grau de licenciado ou equivalente legal, conferido por instituição de ensino superior nacional;

b) Titulares de um grau académico superior estrangeiro, conferido na sequência de um 1.º ciclo de estudos organizado de acordo com os princípios do Processo de Bolonha por um Estado aderente a este Processo;

c) Titulares de um grau académico superior estrangeiro, que seja reconhecido, pelo conselho técnico-científico da ESEC, como satisfazendo os objetivos do grau de licenciado;

d) Detentores de um currículo escolar, científico ou profissional que seja reconhecido, pelo Conselho Técnico-Científico da ESEC, como atestando capacidade para a realização deste ciclo de estudos.

 

1.1. O reconhecimento a que se referem as alíneas b), c) e d) do n.º 1 tem apenas como efeito o acesso ao ciclo de estudos conducente ao grau de mestre, não conferindo ao seu titular a equivalência ao grau de licenciado ou o reconhecimento desse grau.

Calendário

Calendarização 2.º ano