Escola Superior de Educação Politécnico de Coimbra
ESEC Politécnico de Coimbra
A ESEC
Estudar
Investigar / Transferir
Menu secundário

Projeto SmartWalk

O SmartWalk visa a criação de um sistema de monitorização de bem-estar e atividade física no contexto de Cidades Inteligentes (CI). A proporção de idosos na Região Centro está a aumentar, tal como noutras regiões portuguesas e europeias. Em 2011 o censo Português mostrou que 22,5% da população da Região Centro tem 65 anos ou mais. O aumento de idosos leva à necessidade de promover um envelhecimento saudável, com autonomia e independência, e preservando a capacidade funcional. Adicional ao conceito de Envelhecimento Ativo é o conceito de Envelhecimento no Lugar que resulta do desejo das pessoas permaneçam nas suas casas à medida que envelhecem, apesar de eventuais declínios na saúde física e cognitiva.

Este projeto reúne a experiência de atores regionais em CI e o conhecimento das escolas politécnicas sobre envelhecimento, a aquisição e proteção de dados, design de interfaces de utilizador e avaliação de usabilidade de sistemas. O sistema de monitorização será implantado em Águeda, um CI Humana que é um membro do consórcio Open e Agile Smart Cities. Águeda tem uma infraestrutura de comunicação de dados espalhados por 700 luminárias no centro da cidade, que irá expandir-se no início de 2017, para chegar a áreas menos densamente povoadas.

As várias entidades irão contribuir para a criação do sistema de monitorização central ao projeto da seguinte forma:

– Município de Águeda (MA) fornecerá suporte ao uso da infraestrutura de CI para transmitir dados para um servidor central, permitindo um serviço confiável e livre para os beneficiários. Irá também ajudar a encontrar potenciais utilizadores através da sua Rede Social;

– Globaltronic vai ajudar o MA a fazer os ajustes necessários a este projeto na infraestrutura de CI. É uma fornecedora de eletrónica envolvida no desenvolvimento de infraestrutura de CI de Águeda desde a sua criação;

– A escola de Águeda (ESTGA) vai fazer a configuração do servidor central, usando hardware já existente. Vai criar um back-office baseado na web (BO) para os profissionais de saúde, e instituições autorizadas, verem informações clínicas dos utilizadores, bem como os respetivos dados biométricos;

– A escola de saúde de Aveiro irá ajudar o MA a selecionar os potenciais utilizadores e definirá os parâmetros biométricos relevantes a serem recolhidos, tais como o número de passos, pressão arterial, e movimentos para cima e para baixo durante uma caminhada. Estará envolvida na avaliação da usabilidade do sistema;

– O IPLeiria vai liderar o desenvolvimento da aplicação para os idosos, que será desenvolvido em estreita cooperação com o IPCoimbra e a ESTGA. O sistema permitirá sugerir caminhar mais ou mais continuamente, ou fazer mais movimentos para cima e para baixo. Além disso, será possível sugerir as rotas predefinidas mais adequadas a cada participante.

Este estudo será conduzido em conformidade com o protocolo, a Declaração de Helsínquia, as Boas Práticas Epidemiológicas e Leis e Regulamentos aplicáveis.

Domínio Científico Principal: Ciências da Engenharia e Tecnologias

Área Científica Principal: Engenharia Eletrotécnica, Eletrónica e Informática

Área Científica Secundária: Engenharia de Comunicação e de Sistemas

Responsáveis

Ana Rita Teixeira (ESEC)

Parceria:

Universidade de Aveiro
Município de Águeda
Instituto Politécnico de Leiria
Instituto Politécnico de Coimbra
Globaltronic – Electrónica e Telecomunicações S.A.

Calendário

Calendário: 

Data de início: 31-03-2017

Data de termo: 31-08-2018

Financiamento

Investimento elegível global: 118.410,00 €

Investimento elegível IPC: 2.384,66 €