Escola Superior de Educação Politécnico de Coimbra
ESEC Politécnico de Coimbra
A ESEC
Estudar
Investigar / Transferir
Menu secundário
Imagem

Cartaz da ESEC vence Concurso Nacional Póster Eco-Código

Quarta, 21 Julho, 2021

O cartaz submetido pela ESEC ao Concurso Nacional Póster Eco-Código, da autoria de Inês Duarte, aluna do 1º ano da licenciatura em Comunicação e Design Multimédia, foi o vencedor entre 786 trabalhos a concurso.

O Eco-Código corresponde a um dos elementos do programa: o 7º passo da metodologia proposta para a candidatura ao Galardão Eco-Escolas. O Eco-Estudante deverá conseguir identificar um conjunto de atitudes e comportamentos conducentes à melhoria do ambiente na escola, em casa e na sua região. O Eco-Código expressa uma declaração de objetivos, traduzidos por ações concretas, que todos os membros da comunidade deverão seguir, constituindo assim o código de conduta ambiental da escola.

O cartaz foi desenvolvido no âmbito da Unidade Curricular de Design Gráfico da licenciatura em Comunicação e Design Multimédia, onde todos alunos do 1º ano desenvolveram propostas de cartaz para apresentação de candidatura da ESEC ao Concurso Nacional Poster Eco-Código, da ABAE - Associação Bandeira Azul da Europa (Abae Fee Portugal).

Os 47 cartazes realizados pelos alunos, sob a orientação da docente Mónica Santos, estiveram a votação durante o Dia da Eco-Escola, celebrado na ESEC a 1 de junho.

O cartaz de Inês Duarte foi o mais votado pela comunidade da ESEC e submetido ao Concurso Nacional, tendo agora sido distinguido com o 1º lugar no Concurso.

 "A voz do ECO: uma forma de ser e de estar" é o título do cartaz de Inês Duarte que pretende "reforçar a ideia de que devemos adotar determinados comportamentos, de que podemos fazer a diferença e podemos ter algo a dizer", associando o duplo sentido da palavra ECO, quer à repetição de ações, à adoção de uma postura e de comportamentos, quer à questão ecológica, da eco-escola e do eco-código.
Na memória descritiva do trabalho, Inês Duarte refere que "como qualquer desafio a que nos propomos na vida, podemos sempre vê-lo e assumi-lo numa perspetiva diferente. Podemos ser espetadores ou atores. Podemos ver ou agir". Este foi o ponto de partida para o seu cartaz "na perspetiva de que a vida é um filme e que o papel que desempenhamos está nas nossas mãos. E que até nas temáticas mais recorrentes conseguimos sair do expetável e torná-lo, de alguma forma, memorável", descreve.

Todos os cartazes desenvolvidos pelos alunos da ESEC podem ser visualizados aqui.

 

‹ Voltar