Escola Superior de Educação Politécnico de Coimbra
ESEC Politécnico de Coimbra
A ESEC
Estudar
Investigar / Transferir
Menu secundário
Imagem

Professores holandeses recebidos na ESEC para conhecer boas práticas de ensino em Portugal

Sexta, 9 Fevereiro, 2018

A Escola Superior de Educação do Politécnico de Coimbra recebeu de 8 a 10 de fevereiro um grupo de 11 professores holandeses do ensino básico e secundário acompanhados por dois professores do ensino superior.

Clara Wachter e Theresa Kleefsman, docentes da Hanze University of Applied Sciences Groningen, Holanda, acompanharam que se encontram a frequentar Mestrado em Desenvolvimento de Talento e Diversidade na referida Universidade.

Durante dois dias os professores tiveram oportunidade de visitar várias escolas de Coimbra, nomeadamente a Secundária Infanta D.ª Maria, EB1 Quinta das Flores, Escola Martim de Freitas (AE Coimbra-Sul), e o AE Eugénio de Castro acompanhados por professores da ESEC. O objetivo destas visitas foi conhecer a realidade do sistema de ensino em Portugal e fazer uma comparação com outros sistemas internacionais de ensino, aprender com as diferenças e conhecer boas práticas educacionais que possam servir de inspiração. Ao sair de sua própria zona de conforto de estudo e de prática diária, falando e conhecendo outras realidades, podem refletir sobre sua própria prática.

Na Holanda as crianças frequentam a escola primária até aos 12 anos de idade. Depois, vão para o ensino secundário até aos 16 ou 18 anos.

Depois disso, eles escolhem uma escola que forma para uma profissão que lhes interesse, ou vão para a universidade.

 

Os professores visitantes acompanhados por docentes da ESEC vão conhecer escolas de 1º, 2º e 3º Ciclo de Ensino Básico e de Ensino Secundário de Coimbra e reunir com outros colegas para trocar ideias sobre educação.

Clara Wachter e Theresa Kleefsman (e os professores visitantes que as acompanham no âmbito da visita a escolas portuguesas) moderaram, ainda, um debate que se centrou nas diferenças entre o sistema educativo português e o holandês.

 

‹ Voltar